Portal Você Online

Agentes do Ibama sofrem atentado de garimpeiros em terra Yanomami

Garimpeiros tentaram furar bloqueio da base do Ibama no rio Uraricoera.

Uma base federal do Ibama, montada no território yanomami, em Roraima, foi alvo de atentado na noite de quinta-feira (23).

Os criminosos tentavam levar minério extraído da terra indígena. Após troca de tiros, um foi preso pela Polícia Federal (PF), segundo nota do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A base federal foi instalada há duas semanas na aldeia Palimiú, na Terra Indígena Yanomami. Criminosos armados furaram o bloqueio montado no Rio Uraricoera e atiraram contra agentes do Ibama que haviam abordado uma das sete voadeiras, de 12 metros cada, que transportavam cassiterita. Os fiscais revidaram.

Advertisement

A agência ambiental pediu à PF reforço da segurança na base que é é realizada por agentes da Força Nacional de Segurança Pública, da Polícia Rodoviária Federal e do Ibama.

“Foi um ataque criminoso programado. Todos aqueles que tentarem furar o bloqueio serão presos. Acabar com o garimpo ilegal é uma determinação do presidente Lula”, disse o presidente do Ibama, Rodrigo Agostinho.

Os ataques acontecem no mesmo dia em que os ministros da Justiça, Flávio Dino, e da Defesa, José Múcio, anunciaram a antecipação do novo fechamento do espaço aéreo sobre a terra yanomami, inicialmente previsto para maio, para o dia 6 de abril.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *