AM abre R$ 400mil do Crédito Solidário para pequenos empreendedores

O Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), por meio do programa Crédito Solidário, irá disponibilizar R$ 400 mil para 200 pequenos e microempreendedores.

Os atendimentos para inscrição ocorrem nos dias 29 e 30 de novembro, das 8h30 às 16h30, no Centro Estadual de Convivência da Família (CECF) Teonízia Lobo, no bairro Mutirão, zona norte de Manaus.

Desenvolvido em parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), o programa busca promover o resgate social e econômico para pessoas sem vínculos empregatícios ou subempregadas, por meio do acesso a linhas de crédito desburocratizadas, que servirão como capital de giro, permitindo que esses trabalhadores impulsionem seus negócios e conquistem uma fonte de renda segura.

Nesta ação, o valor disponível para cada aprovado vai de R$ 200 a R$ 2 mil. Os interessados devem apresentar RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de estado civil, acompanhado do RG e CPF do companheiro.

Em caso de aluguel, o proponente deverá portar contrato ou declaração de aluguel assinada com RG e CPF do proprietário.

Além da documentação, é necessário que o empreendedor não possua registro de CNPJ ou MEI, dívidas em bancos, lojas ou protesto em cartório, com exceção de dívidas em lojas de crediário próprio, com limite de até R$ 1 mil. Aposentados e beneficiados com auxílio-doença também são restringidos do programa.

Crédito Solidário


O programa Crédito Solidário, do Governo do Amazonas, tem como objetivo disponibilizar financiamentos com linhas de crédito para fomentar o mercado de trabalho informal na capital amazonense.

Os beneficiários são aqueles que desejam ser incluídos no contexto socioeconômico, realizando trabalhos informais como artesanato, confecções, venda de lanche, estética e beleza, entre outros, para a geração de renda familiar.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *