Bolsonaro tem febre de novo, e médicos detectam pneumonia

Presidente está internado desde 27 de janeiro e continua sem previsão de alta .

O presidente  Jair Bolsonaro  teve “episódio isolado de febre sem sintomas associados” e apresentou “imagem compatível com pneumonia” em uma tomografia realizada na noite de quarta-feira (06).

As informações constam de uma nota divulgada na tarde desta quinta-feira (07) pelo Hospital Albert Einstein, onde ele está internado.

Ele continua sem dor e recebendo líquidos em via oral e a tomografia também mostra que há uma boa evolução do quadro intestinal.

Em entrevista à imprensa no hospital, o porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, disse que a febre de Bolsonaro foi de 38 graus e que os médicos alteraram os antibióticos que o presidente recebe e esperam debelar a pneumonia, que os exames indicaram ser de origem bacteriana.

No dia 28 de janeiro, Bolsonaro se submeteu a uma cirurgia para retirada de uma bolsa de colostomia e para reconstrução de seu trânsito intestinal. Foi a terceira cirurgia a que ele se submeteu depois de sofrer uma facada em setembro do ano passado durante evento de campanha.

Veja a nota completa:

“São Paulo, 07 de fevereiro de 2019 – 17:05

O excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, permanece internado na Unidade Semi-Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein.

Apresentou, ontem à noite, episódio isolado de febre sem outros sintomas associados, foi submetido à tomografia de tórax e abdome que evidenciou boa evolução do quadro intestinal e imagem compatível com pneumonia.

Foi realizado um ajuste na antibióticoterapia e mantidos os demais tratamentos. Continua sem dor, com sonda nasogástrica, dreno no abdome e recebendo líquidos por via oral em associação à nutrição parenteral. Hoje, realizou exercícios respiratórios e caminhou no corredor.

Por ordem médica, as visitas permanecem restritas.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *