Portal Você Online

Contagem regressiva para inauguração: ‘Nosso Centro’ recebe ajustes finais

Em contagem regressiva para a inauguração no próximo dia 4 de abril, no início da avenida 7 de Setembro, no Centro, zona Sul, as primeiras obras do “Nosso Centro” – mirante Lúcia Almeida e largo de São Vicente – estão recebendo os ajustes para a grande data, quando a Prefeitura de Manaus fará a entrega desses projetos de reabilitação do centro histórico da capital. E a grande entrega acontecerá com uma programação especial para toda a cidade com uma agenda de shows, atrações e eventos da prefeitura, com entrada gratuita.

Os grafites dos grandes murais que compõem o novo espaço estão em fase de finalização e os andaimes já começam a ser retirados para liberar a área. Enquanto isso, outras artes são grafitadas pelo prédio pela equipe de Raiz, em parceria com Israel Teo, Paulo Korok e Manoel Smit. A arte urbana é que dá o ponto de cor aos novos espaços públicos construídos pela prefeitura, numa área antes abandonada e sem uso.

Advertisement

O projeto arquitetônico é do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e os recursos são do Tesouro municipal.

“O mirante por si só é uma obra de arte, o projeto arquitetônico, a estrutura, o teto todo em madeira. É uma felicidade pessoal, profissional, mas também importante para a cidade, já que é para a cidade essa obra. A galera vai se identificar com essas imagens”, contou Raiz, entre seus sprays.

O público que for conhecer o mirante Lúcia Almeida poderá conferir outros grandes painéis no terceiro pavimento, com vista para o rio Negro.

Além dos grandes murais, toda a parte de alvenaria tem ocupação de arte urbana, fazendo a obra arquitetônica ainda mais rica e impressionante pela conexão entre ambiente, cores e referências amazônicas nas artes.

Serviços

Na parte interna e externa do mirante Lúcia Almeida, operários se concentram em limpeza fina, arremates finais de pintura e revisão de algumas instalações de condicionadores de ar.

E os serviços seguem intensos na montagem das operações comerciais que vão inaugurar junto com os empreendimentos e que estão “a mil” para entregar lanches, restaurantes e quiosques, todos licitados e que, na inauguração, estarão em pleno funcionamento.

A partir de concorrência pública, o mirante terá permissionários, empresários, empreendedores e comerciantes, que vão atuar em lojas, quiosques, lanches e restaurantes. As licitantes venceram a concorrência 004/2024, realizada pela Comissão Municipal de Licitação (CML), para permissão de uso de três quiosques e um lanche no térreo; no primeiro pavimento, um lanche; dois restaurantes e um lanche no segundo pavimento; e mais três quiosques no terceiro pavimento, totalizando 11 operações.

Ocupação

A prefeitura promove a ocupação não só artística, cultural e pública do mirante, mas também comercial, tendo licitado diversas operações para a diversificação do novo espaço. A base do “Nosso Centro” envolve ações de economia, turismo, história, empreendedorismo, cultura, arte e habitação, com três etapas de implantação.

Play pet

Seguindo uma tendência em áreas públicas urbanas da capital, a Prefeitura de Manaus vai entregar as obras com um espaço para os “amigos de quatro patas”, um play pet instalado no largo de São Vicente, nas proximidades do mirante Lúcia Almeida e do casarão Thiago de Mello, no Centro, zona Sul.

Com 15 metros quadrados, o espaço sombreado, debaixo de árvores, foi pensado para os bichinhos dos frequentadores da nova área pública, para proporcionar momentos de lazer com seus donos e tutores.

É obrigatório que o dono tenha a sua sacolinha para recolher os dejetos do cão. Lembrando que o tutor ou dono é responsável pela conduta de seu animal. Os cães deverão estar o tempo todo sob os cuidados de seus proprietários e dentro do alcance de seu comando. Ao entrar e sair do espaço, os cães deverão usar coleira e guia.

“A obra prevê esse espaço no largo e a nossa orientação é que todos possam curtir a área com segurança e conforto, mas também com atenção aos animais, seguindo regras básicas de convivência”, explicou o diretor de Planejamento do Implurb, arquiteto e urbanista Pedro Paulo Cordeiro.

Primeira etapa 

Essa é a primeira etapa de obras do programa “Nosso Centro”, lançado pela gestão David Almeida em 2021 e que, desde então, vem reabilitando o centro histórico da capital em várias frentes e integrando diversas secretarias e órgãos. E são quatro obras em execução – mirante Lúcia Almeida, casarão Thiago de Mello, largo de São Vicente e píer turístico.

O programa de reabilitação da prefeitura fez a desapropriação de seis imóveis que estavam abandonados no local, mantendo a ambiência do entorno.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *