Portal Você Online

Covid:quase 900 mil amazonenses não tomaram dose de reforço

Saúde alerta para necessidade de ampliação da cobertura vacinal contra a Covid-19 no Amazonas.

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), alerta para a importância da ampliação da cobertura vacinal contra a Covid-19 no Amazonas.

Em todo o estado, a cobertura vacinal é de 73%, com mais de 8,5 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 aplicadas.

Em todo o Estado, 891 mil pessoas estão atrasadas na aplicação da 1ª Dose de Reforço e outras 762 mil pessoas com a 2ª Dose de Reforço atrasada.

O Estado distribuiu 9,8 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 e todos os 62 municípios do estado, que executam a vacinação em seus territórios, estão abastecidos com os imunizantes para realização da vacinação.

A FVS-RCP alerta que o esquema primário é o básico para a imunização da população e a orientação das autoridades de saúde é que as pessoas atualizem a vacinação com doses de reforço, fortalecendo a proteção, independente do período em atraso.

Os dados são consolidados pela FVS-RCP, com base no Sistema de Informações do PNI (SI-PNI), onde os municípios realizam o registro das doses aplicadas.

Com base no levantamento, apenas dez cidades do estado atingiram a cobertura vacinal de esquema primário contra a Covid-19 (1ª e 2ª doses), de 90%, na população de 3 anos ou mais.

A cobertura vacinal contra a doença na capital, Manaus, é de 80,5%.

Municípios

No ranking de municípios com maiores coberturas vacinais contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2), causador da Covid-19, na população de 3 anos ou mais, estão:

  • Japurá (100%),
  • Ipixuna (100%),
  • Silves (100%),
  • Fonte Boa (100%),
  • Jutaí (97,8%),
  • Itapiranga (97%),
  • Tefé (96,5%),
  • Barreirinha (95,3%),
  • Nhamundá (94,3%)
  • Iranduba (92,2%)

A diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, reforça que a população deve manter a caderneta de vacinação atualizada, incluindo as doses de reforço, responsáveis por fortalecer a proteção imunológica por mais tempo.

‘É bastante gente que precisa fortalecer o sistema imunológico, evitando agravamento da doença. Por isso, é tão importante atingir as metas de coberturas vacinais”, alerta Tatyana.

O panorama de vacinação contra a doença no estado está disponível em: https://bit.ly/3Q8qTkd.

O monitoramento da cobertura vacinal de imunizantes, incluindo Covid-19, é realizado pela coordenação estadual do Programa Nacional de Imunização (PNI), integrante FVS-RCP, junto aos municípios que executam a vacinação em seus territórios.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *