Dólar Hoje

Curso de fonoaudiologia promove ação para artistas musicais do AM

O Curso de Fonoaudiologia do Centro Universitário Fametro promoveu, por meio da Disciplina Método Terapêutico da Voz e Estágio em Audição, a “Avaliação Vocal e Audiometria”. A atividade ocorreu na última sexta-feira, 19, na clínica da Instituição. O propósito da ação foi orientar os profissionais da música quanto a cuidados diferenciados na utilização da voz, instrumento de trabalho dos músicos e da audição.


Na ocasião, foram realizadas as seguintes abordagens fonoaudiológicas: avaliação vocal, levantamento histórico do problema, orientação quanto à saúde vocal e audiometria. Os cantores que participaram foram Alciro Neto, Alex Corrêa e Arlindo Neto.


Arlindo Neto parabenizou a iniciativa da Instituição: “Sempre é bom cuidarmos do nosso principal instrumento de trabalho, a nossa voz. Gostei bastante do atendimento e das avaliações e aproveito para parabenizar os alunos, o professor responsável e o coordenador por essa iniciativa”, comentou.


Conversamos com o Professor Andersen Monteiro, que explicou sobre as aulas práticas e novidades para 2022. “A partir do próximo ano, iremos atender crianças a partir dos sete anos, para exames de audiometria tonal, audiometria vocal e timpanometria. Teremos várias novidades e uma delas é o teste da orelhinha para recém-nascido e atendimento ao idoso.

Outros exames que iremos oferecer será do bera e o vectoeletronistagmografia”, explica. Além das novidades, o Professor explicou qual o objetivo do exame vectoeletronistagmografia, indicado nos casos de tontura, desequilíbrio, quedas, vertigem, náuseas sem causa evidente, zumbidos, perda auditiva, síndrome do tronco encefálico, entre outros.


O Coordenador do Curso, Joab Arouche, explicou sobre a importância da terapia de linguagens para crianças e adultos: “Nossa missão é ajudar o paciente a recuperar os sistemas de compreensão e expressão verbal (oral e escrita), acompanhado pelo terapeuta, para facilitar o processo de reestruturação dos sistemas linguísticos”, relata.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *