David Almeida é o favorito para a Prefeitura, segundo pesquisas

A disputa pela cadeira de Arthur Virgilio Neto na Prefeitura de Manaus já começou. Os primeiros prováveis candidatos começam a aparecer e se a eleição fosse hoje o ex-presidente da Assembleia Legislativa, David Almeida (PSB), e o deputado federal José Ricardo (PT), seriam os dois concorrentes diretos num segundo turno para ser o prefeito da capital amazonense, de acordo com a primeira pesquisa divulgada pela DMP/Rede Tiradentes, nesta terça-feira (2).

Os números ainda são bem apertados entre os candidatos e apenas David Almeida superou a casa dos 20 pontos percentuais. A pesquisa foi feita entre os dias 27 e 30 de março e foram entrevistadas 1000 pessoas, em Manaus. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

O ex-presidente da Aleam vem seguido pelo petista José Ricardo (14%), pela empresária Rebecca Garcia (10%), o secretário de Estado da Educação, Luiz Castro (9%), o deputado federal Marcelo Ramos (9%), o vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta (8%) e o vereador Chico Preto (5%).

Abaixo dos 5% das intenções de votos aparece o deputado federal Delegado Péricles e o deputado estadual Wilker Barreto com 4%. Os entrevistados que não escolheriam nenhum dos nomes apresentados na pesquisa, mais os brancos e nulos somaram 13%. Os eleitores que não saberiam dizem em quem votariam somaram 4%. Feita entre os dias 27 e 30 de março, o estudo ouviu mil pessoas e apresenta uma margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou menos.

Essa é a terceira pesquisa realizada este ano para a Prefeitura de Manaus. Em 22 de março, o Instituto Pontual apontou David com 21,5% da preferência de votos. No dia 20 do mesmo mês, pesquisa da iMarketing Agência Digital, também mostrou Almeida na frente com 23,3%.

Na última eleição para governador do estado em 2018, David Almeida saiu no primeiro turno das eleições para o governador com mais de 417 mil votos no Estado, sendo 212 mil somente em Manaus.

Apesar de três pesquisas apontarem David Almeida na liderança para a disputa de 2020, ele disse que é muito cedo para falar de eleição. O político comentou apenas que retomou os estudos e está se organizando para empreender. “Quando chegar a hora certa podemos tratar do assunto. No momento minhas prioridades são outras”, disse.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *