Dólar Hoje

Desperdício de água no Amazonas apresenta percentual de 66,8%

De acordo com o Índice de Perdas na Distribuição (IPD), que demonstra o percentual de água perdida entre a entrada de recurso hídrico no sistema de distribuição e a chegada ao consumidor final, o Amazonas ficou em segundo lugar com percentual de 66,8%. Estes e outros dados estão presentes no Atlas de Saneamento que foi lançado na quarta-feira (24), por meio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Porém, uma alta proporção de municípios do Estado estão sem informações necessárias para o cálculo do IPD. Os maiores índices são observados na região Norte (48,3%) e região Nordeste (44,5%).

O estudo aponta ainda que no ano de 2018, 99,6% dos municípios tinham abastecimento de água por rede geral, porém apenas 50% dos municípios do Amazonas utilizava serviços de esgoto geridos de forma segura, que incluíam instalações para lavar as mãos com água e sabão.

Consumo de água

De acordo com dados da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), o consumo de água por habitante no estado do Amazonas está abaixo do que se é recomendado pelas Nações Unidas. As Nações Unidas recomendam que o valor de consumo de água seja de 110 litros por habitante ao dia, quantidade que se considera necessária para suprir as necessidades de higiene e consumo da população.

De acordo com os dados, de oito estados brasileiros, sendo sete do Nordeste, dentre os quais estão Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia, e um do Norte, sendo o estado do Amazonas, ficaram abaixo da média estabelecida. O Amazonas ocupa o quarto lugar no ranking nacional com consumo mais baixo de água por habitante.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *