Encceja 2022 é aplicado em todo o país neste domingo

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2022, ocorre neste domingo (28) no país. Ao todo, 1.683.530 pessoas estão inscritas.

Dessas, 308.648 buscam a certificação para o ensino fundamental e 1.374.882, para o ensino médio.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aplicará as provas em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal.

Com a proximidade do exame, é fundamental que os participantes se atentem às orientações para evitar contratempos significativos.

As provas serão aplicadas nos turnos da manhã e da tarde. No primeiro turno, os portões abrem às 8h e fecham às 8h45. As provas começam às 9h e terminam às 13h.

Já no segundo turno, os portões abrem às 14h30 e fecham às 15h15. A aplicação da tarde se inicia às 15h30 e vai até as 20h30.

Os participantes com direito a tempo adicional poderão finalizar o exame após os horários previstos para encerramento das provas. A aplicação seguirá o horário de Brasília.

Provas

O Encceja é composto por quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, e uma redação. Para a certificação do ensino fundamental, o participante será avaliado em ciências naturais; matemática; língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física e redação; história e geografia. No caso do ensino médio, serão verificados os conhecimentos em ciências da natureza e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias e redação; e ciências humanas e suas tecnologias. Para fazer as provas, o participante deverá utilizar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente.

Cartão de confirmação

As informações sobre os locais de prova estão disponíveis no Cartão de Confirmação de Inscrição, que pode ser acessado no Sistema Encceja. No cartão, também é possível confirmar a data e os horários do exame, assim como o número de inscrição. O documento ainda registra se o participante deve ser tratado pelo nome social ou contar com atendimento especializado. Apesar de não ser obrigatório, o Inep recomenda levá-lo no dia da prova.

Documentos de identificação

É obrigatório estar com um documento de identificação. O participante pode apresentar a identidade, seja ela expedida por secretarias de Segurança Pública, polícias Militar e Federal ou pelas Forças Armadas. Também será aceita a identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive no caso de reconhecidos como refugiados.

A Carteira de Registro Nacional Migratório, prevista na Lei de Migração (n.º 13.445/2017), também está entre as documentações válidas, assim como o Documento Provisório de Registro Nacional Migratório. A identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes e que, por lei, tenha validade como documento de identidade poderá ser apresentada. Além disso, passaporte e Carteira Nacional de Habilitação também são válidos, assim como Carteira de Trabalho e Previdência Social.

Pertences

Antes de entrar na sala de provas, o participante precisará guardar, no envelope porta-objetos, itens como Declaração de Comparecimento, telefone celular e outros equipamentos eletrônicos desligados e sem emitir qualquer som, além de outros pertences não permitidos, como tablet, pulseiras e relógios inteligentes. Artigos religiosos, como burca, quipá e outros, poderão ser usados normalmente, mas serão revistados, como prevê o edital do exame.

Uso de máscara

O uso obrigatório da máscara está relacionado às normas vigentes nos estados ou municípios. Nesse sentido, é proibida a presença do participante no local de provas sem a máscara de proteção à Covid-19, exceto onde o uso em local fechado esteja liberado por decreto ou ato administrativo de igual poder regulamentar.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *