Fiscalização fecha hotéis no Centro de Manaus em blitz contra a exploração sexual infantil

Dos 14 vistoriados, três foram interditados por irregularidades – Foto: Tarcísio Heden/SSP-AM

Com o objetivo de combater à exploração sexual infantil, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) realizou uma blitz em hotéis e pousadas do Centro de Manaus, na noite de ontem (12). Dos 14 estabelecimentos vistoriados, três foram interditados por irregularidades.

Coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), a fiscalização faz parte da Operação Parador 27, que ocorre em todo o país, com o objetivo de prevenir e combater a exploração sexual e a violação de direitos de crianças e adolescentes.

Em Manaus, a fiscalização desses estabelecimentos é coordenada pela  Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi).

Durante a vistoria, o Residencial Alex, Hotel Athenas e Pensão Santana foram interditados pela Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), por não possuírem licença para funcionamento.

O Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM) autuou três locais por irregularidades.

A ação integrada contou com um total de 58 servidores e 20 viaturas de diversos órgãos estaduais e municipais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *