Portal Você Online

Foragido, um dos principais traficantes do AM, diz que se entrega após feriado

Alex Colombiano rompeu a tornozeleira eletrônica e fugiu horas após sair do CDMP 1, para cumprir prisão domiciliar.

A defesa de Alex da Silva Viana, conhecido como “Sheik” ou “Alex Colombiano”, o advogado Jander Nascimento, afirmou neste domingo (19), que o foragido se entregará à Justiça na próxima terça-feira (21). 

“A defesa retira o direito de resposta, e o senhor Alex se entregará na próxima semana, para poder realizar a cirurgia, pois como foragido, não irá conseguir. Iremos aguardar a decisão do Habeas Corpus pendente de julgamento na 2ª Câmara Criminal”, disse o advogado.

Advertisement

Alex fugiu na madrugada de quinta-feira (16), horas depois de ter sido colocado em prisão domiciliar pelo juiz plantonista de Tefé,  Alex Jesus de Souza.

Ele deixou o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM 1), onde estava preso cumprindo pena, por volta das 17h de quarta (16), colocou tornozeleira eletrônica e deveria ter ido para uma de suas propriedades, no condomínio Portinari, bairro Tarumã (zona Oeste). Ao invés disso, ele rompeu o acessório e fugiu.

O criminoso teve o alvará de soltura revogado pela desembargadora plantonista Onilza Abreu Gerth. “Comunique-se, com urgência, o Juízo de primeiro grau acerca da presente decisão, para que tome as medidas necessárias ao recolhimento do alvará de soltura expedido”, determinou a magistrada. 

Desde as primeiras horas da manhã de quinta-feira, o criminoso passou a ser procurado pela polícia em todo estado. Para a polícia, não há dúvidas de que já estava tudo planejado para a fuga do criminoso. 

De acordo com o promotor da 1ª Promotoria de Tefé, Thiago de Melo Paulo Freire, a defesa do traficante requereu que fosse concedida a prisão domiciliar para o traficante alegando que Alex Colombiano precisa de tratamento de saúde. 

Crimes

Alex Colombiano foi preso por agentes do Departamento de Repressão à Entorpecentes (DRE) da Polícia Federal em maio de 2022, por envolvimento no transporte de drogas na calha do rio Japurá, onde quatro pessoas foram presas com quase 200 quilos de drogas. Ele também aparece envolvido em um flagrante de uma mula, que foi presa com 40 quilos de entorpecentes em Mato Grosso, onde um homem foi preso em flagrante. Conforme informações de Agentes da PF, Alex era responsável pela logística e transporte de drogas para uma facção criminosa. 

Em uma das casas dele, localizada no conjunto Campos Elíseos, no bairro Planalto, zona Centro-Oeste de Manaus, foram encontradas diversas pistolas e munições, que tinham sido furtadas de dois Colecionadores, Atiradores desportivos e Caçadores (CACs) e documentação apontando possível lavagem de dinheiro, uma vez que o traficante possui acúmulo de bens incompatíveis com a movimentação da empresa em que é proprietário.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *