Portal Você Online

Justiça amazonense nega mais um pedido de liberdade Lucas Picolé

O Tribunal de Justiça do Amazonas emitiu mais uma negativa de pedido de liberdade para o influenciador Lucas Picolé. A decisão foi proferida pela juíza Aline Kelly Ribeiro Marcovicz Lins, da 4ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

A juíza fundamentou sua decisão no fato de que Lucas Picolé ignorou as medidas cautelares impostas ao retomar a realização de sorteios em redes sociais, mesmo com a autorização de seu advogado e em desacato ao juízo.

Advertisement

A defesa do réu argumentou que a nova prisão de Picolé foi utilizada como exemplo para repreensão, alegando que a atuação do sistema judiciário estava prejudicando o acusado com retaliação pública e exposição vexatória perante seus seguidores.

No entanto, a juíza refutou esse argumento, afirmando que “Lucas Picolé foi o único que não demonstrou o devido respeito às determinações do juízo”.

Lucas Picolé foi novamente detido em 24 de janeiro enquanto aproveitava um dia de sol em um balneário no município de Iranduba.

Sua prisão ocorreu devido ao descumprimento das medidas provisórias impostas para sua liberdade, que incluíam a proibição de promover novas rifas e sorteios em redes sociais. Apesar de afirmar sua inocência, o influenciador declarou que os perfis criados em seu nome eram falsos. Mesmo assim, ao ser abordado pela polícia, tentou fugir pulando na água.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *