Brasil reconhece Juan Guaidó presidente venezuelano

O presidente americano, Danald Trump, e o brasileiro, Jair Bolsonaro, reconheceram, na tarde desta quarta-feira (23), o líder da oposição venezuelano, Juan Guaidó, como presidente interino da Venezuela. Os dois presidentes emitiram nota por meio da Chancelaria dos dois países. A Organização dos Países Americanos, a OEA, já havia reconhecido Guaidó como o representante legal dos venezuelanos, hoje pela manhã.

A capital Caracas vive uma quarta-feira de protestos contra o ditador Nicolás Maduro, que por sua vez convocou suas forças de segurança para repreender os manifestantes e patrocinou manifestações de oficiais de apoio a ele. Quatro pessoas morreram nos distúrbios, uma das vítimas um adolescente de 16 anos.

Líder da oposição e presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó foi às ruas e num grande comício se declarou presidente interino da Venezuela. Logo em seguida, o presidente da OEA, Luis Almagro e Trump reconheceram Guaidó representante oficial do país Sul Americano. Outros países como o Canadá, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Argentina e Peru, também reconheceram a legitimidade do governo de Guaidó.

            De Davos, na Suíça, Bolsonaro tuitou e depois deu entrevista coletiva confirmando o apoio do governo brasileiro a Guaidó.  “O Brasil reconhece o Senhor Juan Guaidó como Presidente Encarregado da Venezuela. O Brasil apoiará política e economicamente o processo de transição para que a democracia e a paz social voltem à Venezuela”, disse o presidente brasileiro.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *