Portal Você Online

Medvedev diz que alguém pode morrer no US Open

Daniil Medvedev recebe atendimento médico e usa inalador no US Open — Foto: Danielle Parhizkaran-USA TODAY Sports

Atual número 3 do mundo, o russo Daniil Medvedev venceu o compatriota Andrey Rublev, sexto do ranking da ATP, para chegar às semifinais do US Open. O maior adversário do tenista de 27 anos na quarta-feira (6), porém, foi mesmo o calor em Nova York, com a temperatura beirando os 40ºC e muita umidade. Medvedev fez duras críticas à organização do Grand Slam por permitir que um jogo fosse realizado nessas condições.

Advertisement

– Um jogador vai morrer. E eles vão ver – disparou Medvedev para uma das câmeras durante o jogo.

Apesar da vitória por 3 sets a 0, o russo teve dificuldades para vencer o compatriota. Medvedev chegou a pedir atendimento médico e a usar um inalador para respirar melhor.

Advertisement

– Foi brutal. A única coisa boa que vejo nestas condições é que ambos sofremos. Foi difícil para nós dois. Sinceramente no final do primeiro set eu não conseguia mais ver a bola. Eu estava brincando com as sensações, tentei ir em frente e correr e pegar as bolas. Estávamos cansados ​​o tempo todo. Foi muito difícil vencer.

Medvedev não foi o único tenista a reclamar do calor de Nova York. Número 8 do mundo, o americano Taylor Fritz fez coro às críticas após perder as quartas de final diante do sérvio Novak Djokovic.

– Não sinto que já tenha me incomodado tanto com o calor. Eu sinto que quando está muito úmido, isso simplesmente esgota você – disse Fritz.

Na semifinal, Medvedev vai encarar o atual número 1 do mundo, Carlos Alcaraz. O espanhol leva vantagem de dois a um no histórico do confronto com o russo. O líder do ranking venceu os dois duelos deste ano, um na semifinal de Wimbledon, outro na decisão do título do Masters 1.000 de Indian Wells.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *