Número de óbitos no Amazonas volta ao patamar anterior à pandemia de Covid

Após dois anos com altos números de óbitos por causa da pandemia de Covid 19, Amazonas volta a apresentar índices diários considerados normais.

No Estado, o número de mortes em 2022 é apenas 0,6% maior do que o registrado no mesmo período de 2019, e menor que o crescimento anual médio antes da pandemia de coronavírus.

Os dados constam no Portal de Transparência do Registro Civil, fornecidos pelos cartórios amazonenses.

Entre janeiro e outubro de 2022, foram registrados 14.154 óbitos, número 0,6% maior que os 14.059 ocorridos nos primeiros 10 meses de 2019, antes da chegada da Covid.

Quando comparados a 2021, os índices de mortes tiveram uma redução de 36%, e de 17% em relação a 2020.

O diretor da Associação dos Notários e Registradores do Amazonas – Anoreg/AM, Leonam Portela, destaca que os números revelam uma diminuição de mortes em decorrência do novo coronavírus, mas alerta para os altos índices em relação a outras comorbidades.

Comparando 2019 à 2022, houve um aumento de 580% nos registros de óbitos causados pela Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Foram contabilizadas 211 mortes nos 10 primeiros meses deste ano frente a 31 registros para o mesmo período de 2019.


Já a septicemia, registrou aumento de 17,2% de janeiro a outubro de 2022, em relação ao mesmo período de 2019.

Sendo computadas 1.534 mortes causadas pela infecção generalizada. Portela afirma que os dados servem de parâmetro para a adoção de novas diretrizes por parte do poder público.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *