Portal Você Online

Operação Cheia Manaus: pontes de madeira começam a ser construídas

A Prefeitura de Manaus lançou a operação ‘Cheia 2023’ na última sexta-feira (19) no Centro de Cooperação da Cidade (CCC), como o objetivo de minimizar o prejuízo provocado pela subida do nível do Rio Negro e a inundação do Centro e alguns bairros da cidade.

Advertisement

Após o rio atingir a marca de 27,50 metros, a operação iniciou com a construção de pontes para pedestres nos trechos atingido pela cheia.

O vice-prefeito e chefe da Casa Civil, Marcos Rotta, afirmou que já existem mais de 588 metros de pontes construídas nos bairros São Jorge, na zona Oeste, e Educandos, na zona Sul, e que o bairro Aparecida será o próximo a receber as estruturas.

Advertisement

Na ocasião, o auxílio aluguel também foi anunciado. Durante o período de dois meses, serão pagos mais R$ 4,8 milhões em auxílio, benefício pago em duas parcelas de R$ 600.

De acordo com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), o segundo alerta de cheia estima que a cota de 2023 não deve ultrapassar a marca de 28,51 metros, o que será confirmado no próximo alerta que tem divulgação prevista para o dia 31 deste mês.

A maior cheia do Rio Negro foi registrada em 2021, quando as águas chegaram à marca de 30,02 metros, segundo a medição do porto de Manaus.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *