Portal Você Online

PGR pede ao STF que mantenha Anderson Torres preso

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que mantenha o ex-secretário da Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres, preso.

Advertisement

Torres é investigado por omissão em relação aos ataques aos prédios dos Três Poderes, em Brasília, no dia 8 de janeiro. O secretário estava em viagem para fora do país, de férias, quando os manifestantes invadiram o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e STF.

A prisão preventiva do ex-secretário aconteceu em 14 de janeiro, quando ele voltou dos Estados Unidos e se apresentou à polícia.

Advertisement

A PGR diz agora que a defesa de Torres, ao pedir pela liberdade, não apresenta novas explicações, usando os mesmos argumentos apresentados em janeiro.

– Estando em curso as investigações, pendente a apuração de alguns contornos fáticos, a constrição cautelar da liberdade do investigado tem sido determinante para seu êxito – diz a PGR solicitando ainda que a Polícia Federal apresente um relatório sobre as investigações em 30 dias.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *