Portal Você Online

Programa Educa+Manaus revoluciona educação em Manaus, diz prefeito David Almeida 

O programa Educa+Manaus celebrou esta semana 1.000 dias sob a gestão do prefeito David Almeida, promovendo inovação e revolução na educação na capital amazonense e virando referência no Brasil na preparação para o exame do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Advertisement

Além do foco na qualidade do ensino e elevar os indicadores educacionais, o programa da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), tem atuado na revitalização física das escolas da rede municipal incluindo construção de creches, valorização profissional e incentivo com a criação de mais de 290 Grêmios Estudantis.

“O Educa+Manaus é muito bom. Conteúdos que eu não sabia, aprendi no sexto tempo, na sequência didática e nos simulados. Acredito que vai agregar muito para o meu futuro, tanto no meu currículo escolar quanto para meu aprendizado”, diz a estudante do 9º ano, Hadassa Sofia, de 14 anos, da escola Professora Aribaldina de Lima, no Jorge Teixeira, na Zona Leste da cidade.  

Advertisement

A Aribaldina de Lima tem sido destaque no programa por ter tido os melhores resultados nos simulados dos estudantes do 9° ano, entre as unidades da Divisão Distrital Zonal Leste II.

A unidade possui três turmas do 5° ano, com 93 alunos, e duas do 9 ° ano, sendo 50 alunos.  Na última avaliação do Saeb, em 2021, a unidade de ensino obteve a nota 5,1 para os anos iniciais, sendo que a meta é para 2022 é 6,5. Além disso, nos anos finais, a nota foi 4,6 com a meta de 5,8 para este ano.

Para o prefeito David Almeida, “O Educa+Manaus vem para potencializar a aprendizagem dos estudantes e tem feito uma revolução na educação.

“Em 1.000 dias, já estamos fazendo uma verdadeira revolução na educação e na qualidade do ensino básico. Queremos Manaus como destaque e referência no Brasil. Por isso, nossa gestão tem priorizado ações integradas, aliadas às grandes obras e reformas nas escolas. Acreditamos na educação que transforma e seguiremos nesse propósito, transformando a vida das nossas crianças e adolescentes e de suas famílias também”, declarou.

Ações estratégicas

Com a finalidade de preparar os estudantes do 5° e 9° anos para as avaliações do Saeb, o programa Educa+Manaus pretende elevar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) na rede de ensino de Manaus. São cinco etapas de execução do Educa Mais:  sequência didática, simulados, 6° tempo, formação integrada para professores, acompanhamento familiar.

O Saeb é uma avaliação nacional, realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da Educação (MEC), para verificar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), na rede de ensino de Manaus. 

De acordo com a secretária municipal de educação, professora Dulce Almeida, a gestão atual tem trabalhado para melhorar os índices educacionais.

“Investir nos estudantes significa investir no futuro de Manaus. Ao recordarmos 1.000 dias de gestão David Almeida, enfatizamos como o programa Educa+Manaus tem mudado a educação municipal. Essa ação demonstra como a educação é prioridade na Prefeitura de Manaus. De uma forma totalmente estratégica, as cinco etapas dessa ação linda têm movimentado nossa rede e incentivado nossos estudantes: 6° tempo, apoio das famílias com o acompanhamento familiar, orientações pedagógicas com formações para nossos professores, além de simulados quinzenais para observar os avanços e a sequência didática”, enfatizou a secretária.  

Resultados Exitosos

Na sequência didática, das 252 Unidades de Ensino que atendem ao 5º ano com público para o programa, houve um percentual de 99,8%, de habilidades validadas na rede, referente ao 2º bimestre. Das 108 Unidades de Ensino, que atendem ao 9º ano com público para o programa, houve um percentual de 98,8%, de habilidades validadas na rede, referente ao 2º bimestre.

No 6° tempo, nas turmas de 5° ano, houve a participação de 37.500 estudantes nas aulas de língua portuguesa, e de matemática, 37.284. Nas turmas de 9° ano, 20.442 nas aulas de língua portuguesa, e de matemática, 19.522. Nos simulados, dos 33.840 estudantes matriculados no 5º e 9º ano, houve 32.117 participantes no 7º Simulado, o que corresponde a 94,9%. 

Em relação às formações integradas Pró-Saeb, dos 591 professores do 5º ano, houve a participação de 464, equivalente a 78,5% de participação. Dos 275 professores de Língua Portuguesa e Matemática do 9º ano, houve a participação de 186, equivalente a 67,6% de participação.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *