Portal Você Online

TCE-AM: candidatos farão provas de Residência Jurídica e Contábil domingo

Em busca de uma sonhada vaga para atuar no Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), 1.361 candidatos realizam, no próximo domingo (4), a prova para a Residência Jurídica e Contábil na Corte de Contas amazonense. As provas serão realizadas na Escola Superior de Tecnologia da Universidade do Estado do Amazonas (EST/UEA), na Avenida Darcy Vargas, com abertura dos portões prevista para 7h, com fechamento às 8h. O início da prova será às 8h30 e o certame terá 4h de duração.

Advertisement

“O processo seletivo para a residência jurídica e contábil representa um marco no Tribunal de Contas do Amazonas, além de ser uma oportunidade única para os profissionais aprimorarem seus conhecimentos práticos e teóricos, além de contribuírem para a transparência e a eficiência da administração pública no Amazonas”, disse o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro.

As inscrições foram abertas no período de 17 de abril a 15 de maio via Escola de Contas Públicas (ECP), que coordena a realização do certame.

Advertisement

Do total de candidatos inscritos, 1.095 irão concorrer às 20 vagas para residência jurídica, totalizando cerca de 54,7 candidatos por vaga; e outros 266 farão a prova para as dez vagas da residência em contabilidade, disponibilizadas de forma pioneira pela Corte de Contas amazonense no âmbito dos órgãos públicos do Estado, e totalizando 26,6 candidatos por vaga.

Conforme o conselheiro-coordenador da ECP, Mario de Mello, a equipe de realização do certame (Comissão do Processo Seletivo e fiscais), composta pelos servidores do próprio Tribunal, estará a postos para que a prova aconteça de forma organizada, garantindo os direitos dos participantes.

“A parte técnica da execução do certame foi cuidadosamente planejada para garantir a imparcialidade, a lisura e a transparência do processo seletivo, inclusive com treinamento de servidores do próprio Tribunal que atuarão como fiscais no dia do certame. Buscamos criar um ambiente propício para que os candidatos demonstrem seus conhecimentos e habilidades, contribuindo para a seleção dos melhores profissionais”, ressaltou o coordenador da ECP, conselheiro Mario de Mello.

A prova realizada no domingo será a única etapa do processo seletivo e consistirá em 30 questões objetivas, sendo que dez questões abordarão o bloco comum, incluindo língua portuguesa, Lei Orgânica e Regimento Interno do TCE-AM.

As outras 20 questões serão direcionadas ao bloco específico, contemplando disciplinas relacionadas à residência jurídica ou contábil, de acordo com a área de cada participante, além de cinco questões discursivas específicas para cada modalidade.

Tanto a prova discursiva quanto a prova objetiva terão peso 50 e, juntas, totalizam 100 pontos para a classificação dos candidatos. Serão aprovados aqueles que alcançarem no mínimo 60 pontos, sendo classificados de acordo com a pontuação obtida.

Os aprovados terão direito a uma bolsa-auxílio mensal no valor de R$ 3 mil, durante a duração mínima de 24 meses, podendo ser renovada por mais 12 meses. As atividades práticas serão realizadas de segunda a sexta-feira, nos turnos matutino ou vespertino, com uma carga horária diária de cinco horas.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *