Portal Você Online

TCE-AM encerra inscrições para o Programa de Residência Jurídica Contábil

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) encerrou na última semana as inscrições para o Processo Seletivo Público (PSP) do Programa de Residência Jurídica e Contábil da instituição. Ao todo, foram recebidas 1.095 inscrições para as 20 vagas destinadas à residência jurídica e 266 inscrições para as 10 vagas de residência contábil. Vale ressaltar que 10% das vagas de cada área são destinadas a pessoas com deficiência.

Advertisement

Com a efetivação do número total de inscritos, o PSP contará com 67 candidatos por vaga na disputa da área jurídica e 32,6 candidatos por vaga na área contábil, considerando a ampla concorrência.

Para as inscrições de candidatos com deficiência, a área do direito terá a concorrência de 5,5 candidatos por vaga, e 2,5 na área de ciências contábeis.

Advertisement

“Fico muito feliz pela alta participação dos profissionais. A iniciativa do TCE-AM foi justamente, por sabermos da demanda que a área tem. Os bacharéis que concorrem a uma vaga podem ter a certeza que estarão usufruindo de um programa de residência com alta capacitação e qualidade”, frisou o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro.

O processo seletivo está sendo realizado pela Escola de Contas Públicas do TCE-AM, sendo composto por etapa única, marcada para o dia 4 de junho, que consistirá em uma prova objetiva com 30 questões. Dessas, dez questões abordarão o bloco comum, incluindo língua portuguesa, Lei Orgânica e Regimento Interno do TCE-AM.

As outras 20 questões serão direcionadas ao bloco específico, contemplando disciplinas relacionadas à residência jurídica ou contábil, de acordo com a área de cada participante, além de cinco questões discursivas específicas para cada modalidade. Tanto a prova discursiva quanto a prova objetiva terão peso 50 e, juntas, totalizam 100 pontos para a classificação dos candidatos. Serão aprovados aqueles que alcançarem no mínimo 60 pontos, sendo classificados de acordo com a pontuação obtida.

A residência jurídica e contábil do TCE-AM é uma oportunidade para os profissionais recém-formados aprimorarem seus conhecimentos práticos e teóricos, além de contribuírem para a transparência e a eficiência da administração pública no Amazonas.

O coordenador da Escola de Contas Públicas do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, destacou a importância de ofertar o programa de Residência para os bacharéis.

“Ao oferecer um programa de residência jurídica e contábil, a Escola de Contas reforça seu compromisso em formar profissionais altamente qualificados para atuar na administração pública. Essa iniciativa é de extrema importância, pois permite que os profissionais aprofundem seus conhecimentos teóricos por meio de vivências práticas, desenvolvendo habilidades essenciais para lidar com os desafios complexos que envolvem a gestão de recursos públicos”, destacou o coordenador da ECP, conselheiro Mario de Mello.

Os aprovados neste processo seletivo terão direito a uma bolsa-auxílio mensal no valor de R$ 3 mil, durante a duração mínima de 24 meses, podendo ser renovada por mais 12 meses. As atividades práticas serão realizadas de segunda a sexta-feira, nos turnos matutino ou vespertino, com uma carga horária diária de cinco horas.

Mais informações sobre o processo seletivo podem ser obtidas consultando o edital ou entrando em contato com a Escola de Contas Públicas do TCE-AM pelo número 3301-8301.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *