Portal Você Online

TCE-AM vai sediar reunião do comitê de crise da Saúde do Amazonas nesta quarta-feira

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) fará parte de um comitê para analisar a crise na saúde pública do Amazonas. O anúncio foi feito pela presidente Yara Lins após requerimento e reunião com o deputado estadual Wilker Barreto na sede da Corte de Contas na tarde desta terça-feira (5).

A criação do comitê, que terá ainda a participação da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), Defensoria Pública (DPE-AM) e Ministério Público do Estado (MPAM), acontece após comunicado de empresas prestadoras de serviços médicos à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SEC-AM) com a paralisação de serviços médicos não urgentes nos hospitais públicos por falta de pagamentos, situação que já dura cinco dias.

“Por se tratar de Saúde Pública, esse é um assunto de grande importância e urgência e, como guardião das Contas Públicas, o Tribunal de Contas do Amazonas não poderia deixar de integrar este comitê ajudando na orientação pedagógica junto aos gestores do governo Estado. Nosso objetivo é, por meio do diálogo entre as instituições chegar a uma solução que beneficie a todos os amazonenses”, destacou a presidente.

Advertisement

Conforme o comunicado, ao menos 15 empresas estariam com pagamentos referentes aos anos de 2021 e 2022 atrasados, bem como dos meses de agosto, setembro e outubro de 2023.

O documento também solicita um cronograma para receber os meses de novembro e dezembro de 2023, além de garantir o pagamento no orçamento de 2024.

No dia 30 de novembro, o Ministério Público do Amazonas (MPAM) instituiu investigação por meio de Inquérito Civil para apurar a situação.

Primeira reunião

A presidente do TCE-AM, Yara Amazônia Lins, reconhecendo a importância da iniciativa, aceitou a criação do comitê e convocou a primeira reunião para discutir a crise, que deverá ser realizada nesta quarta-feira (6), na sede da Corte de Contas amazonense.

A reunião deve contar com a presença da Secretaria de Estado da Saúde e demais membros do comitê.
O objetivo principal é buscar soluções para a crise e priorizar o atendimento à população.

O deputado Wilker Barreto destacou a importância de garantir o pagamento de salários atrasados e a aquisição de medicamentos e materiais, reforçando que a saúde pública não pode permanecer na situação atual.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *