Portal Você Online

Último dia hoje para o cadastramento da meia-passagem estudantil

O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) informa aos estudantes que a campanha para o cadastramento ou recadastramento no Sistema da Meia-Passagem, iniciada em 15 de fevereiro e acaba nesta terça-feira (28). É fundamental que os estudantes realizem o cadastro dentro do prazo estabelecido para usufruir do benefício.

Contudo, mesmo após o encerramento da campanha, os estudantes ainda têm a possibilidade de obter o direito ao benefício.

Até esta segunda-feira (27), foram registrados 322.339 recadastros de meia passagem e mais 28.005 novos cadastros para ganhar o benefício. No total, o sistema já contabilizou 350.344 registros neste ano da meia passagem.

Advertisement

Os estudantes que têm interesse em garantir o benefício, devem estar cadastrados no sistema da prefeitura, exceto aqueles que têm direito à gratuidade da passagem que abrange alunos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e Médio da rede pública do Estado e do Município.

Para os alunos que já utilizam a meia-passagem, os procedimentos continuam os mesmos dos anos anteriores. O estudante deve acessar o site estudantes.manaus.am.gov.br e realizar seu cadastro ou recadastro. A escola aprova o cadastro, para que assim o estudante consiga comprar a meia-passagem estudantil.

Estudantes do ensino superior de qualquer instituição e outros cursos tecnológicos somente terão o benefício da meia-passagem e deverão realizar o cadastro pelo site estudantes.manaus.am.gov.br.

Gratuidade

Quanto à gratuidade, os estudantes que se cadastraram ou recadastraram no site: estudantes.manaus.am.gov.br, para usufruir do benefício, já podem se deslocar às escolas no transporte coletivo sem nenhum custo.

Caso ocorra algum problema no cadastro relacionado aos dados pessoais, o aluno ou responsável deve procurar a escola para atualizar as informações.

Após a regularização dos dados junto à escola, o aluno precisará fazer o cadastro pela internet, pois o sistema atualizará as informações dos alunos enviados pelas instituições de ensino.

No entanto, a gratuidade será disponibilizada somente aos estudantes da rede pública de ensino do governo e município que moram a mais de um quilômetro da escola.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *