Portal Você Online

‘Água Pura’: quatro pessoas presas por poluir lago e causar morte de peixes em Manaus

Peixes como Jaraquis, Tamoatás, Piabas, entre outros, foram encontrados sem vida. A operação foi conduzida pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) em conjunto com a Polícia Federal e o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam). 

Quatro pessoas foram presas suspeitas de poluírem um lago onde centenas de peixes foram encontrados mortos no bairro Puraquequara, Zona Leste de Manaus, na última semana.

Advertisement

A operação pelos federais foi batizada ‘ Água Pura’ e visava identificar os responsáveis pela poluição do Lago Puraquequara – durante ação além das prisões foram apreendidos três caminhões limpa-fossa e 380 litros de diesel irregular. Duas empresas foram embargadas e multadas no valor total de R$ 796 mil reais.

De acordo com a Polícia Federal, a operação foi feita em conjunto com o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM), para investigar a aparição dos peixes mortos no lago. O cenário de mortandade preocupa os moradores da comunidade Coração de Mãe, que utilizam a água do lago.

Advertisement

No local, a polícia prendeu os suspeitos em flagrante pelos crimes de poluição e por armazenar produtos perigosos.

Centenas de peixes mortos no lago

Na última semana, os moradores da região encontraram várias espécies de peixes mortos no lago que liga os bairros Colônia Antônio Aleixo e Puraquequara. Moradores perceberam que os peixes estavam se desfazendo ou sendo consumidos por urubus.

Quem vive na beira do lago chegou a gravar vídeos e mostrar a grande quantidade de peixes mortos. Eram centenas de jaraquis, tamoatás e muitas piabas.

Moradores da comunidade Coração de Mãe que utilizam a água do lago disseram que não foi a primeira vez que peixes apareceram mortos no local e que aguardam uma investigação de órgãos ambientais para saber se a água do lago está contaminada.

Em nota, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) informou que não recebeu nem uma denúncia relacionada ao vídeo veiculado nas redes sociais em que mostra um rio com peixes mortos em suas margens. Porém, já deslocou uma equipe de fiscais para averiguar a situação.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *