Portal Você Online

Blindados do Exército deixam Manaus para reforçar fronteira com Venezuela e Guiana

Um comboio de caminhões militares transportando carros de combate do Exército Brasileiro partiu na madrugada de ontem (2) do Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia, na 12ª Região Militar, na Ponta Negra, em Manaus, com destino a Boa Vista, onde serão integrados ao 18º Regimento de Cavalaria Mecanizado (18º RC Mec) e reforçar a fronteira do Brasil com a Venezuela e a Guiana.

O 18º RC Mec passará a ter três esquadrões de Cavalaria e um efetivo de cerca de 600 militares. Para a unidade, já foram disponibilizadas 16 viaturas blindadas multitarefa (VBMT) 4X4 Guaicurus, equipadas com sistemas de armas remotamente controlados e meios optrônicos de visão termal.

Os blindados de guerra seguiram viagem pela rodovia BR-174 (Manaus-Boa Vista), após serem transportados de Mato Grosso, num percurso de mais de 2 mil km – parte dele por via fluvial. Na próxima quarta-feira (7), outro comboio sairá da capital amazonense com rumo a Roraima.

Advertisement

O grupo inclui seis blindados Cascavel, veículo brasileiro de seis eixos com uma canhão de 37 mm, oito Guarani, veículo de transporte pessoal e 14 Guaicuru, um blidado leve de tração nas quatro rodas.

O transporte e blindados ocorre após o regime de Nicolás Madura reviver uma disputa histórica entre Venezuela e Guiana pelo controle do Essequibo, território guianense que corresponde a cerca de dois terços do país e é rico em petróleo, onde operaram empresas americanas de extração do produto.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *