Portal Você Online

Censo Previdenciário: 16.235 segurados podem ter o pagamento suspendo no Amazonas

A menos de 1 mês para o encerramento, a Amazonprev alerta os servidores públicos ativos e inativos, bem como pensionistas, para obrigatoriedade de realização do Censo Previdenciário.

Dos quase 98 mil segurados, 16.235 ainda não fizeram o procedimento.

Advertisement

O Censo Previdenciário está em andamento desde maio de 2023 e já passou por três prorrogações. Do total de pendentes, 11.043 são servidores ativos, 3.510 aposentados e 2.109 pensionistas.

Os dados correspondem a levantamento realizado até o último dia 3 de julho.

O coordenador de Previdência da Amazonprev, Alan Cardec, destaca que, conforme prevê a regulamentação estadual, os segurados que não fizerem o Censo terão os pagamentos suspensos e só serão restabelecidos após a regularização cadastral.

“Nós precisamos finalizar esse processo, temos prazo para a conclusão e não poderemos mais prorrogar e a penalidade está prevista em Decreto Governamental. É preciso destacar que a realização do Censo é única, então quem já fez ano passado ou esse ano, não precisa repetir. Essa convocação é apenas para aqueles que ainda não se apresentaram para atualizar os dados”, ressaltou Alan Cardec.

Todas as orientações estão no site da Amazonprev, no endereço www.amazonprev.am.gov.br. No link “Censo Previdenciário” é possível realizar o agendamento para fazer o Censo presencial que está disponível para aposentados e pensionistas que moram em Manaus e em outros três municípios do interior (Parintins, Itacoatiara e Manacapuru).

Já a opção on-line é destinada para os servidores ativos de todo o Estado, bem como segurados que residem fora de Manaus.

Para outras informações e esclarecimentos, está disponível o número 0800-800 3400, que atende chamadas e mensagens de whatsApp.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *