Portal Você Online

Gaeco do Ministério Público do Amazonas cumpre mandados no interior do estado

Concurso MP AM 2023: órgão reforça sobre edital de servidores | Folha  Dirigida

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), realizou na manhã desta terça-feira (23), a Operação Garrote, no município de Borba, no interior do Amazonas, a 150 km em linha reta de Manaus.

Advertisement

Os agentes cumpriram 11 mandados de prisão preventiva, 28 mandados de busca domiciliar, 28 mandados de busca pessoal e 28 mandados de busca veicular, totalizando 95 medidas cautelares, contra agentes públicos suspeitos de envolvimento num esquema de desvio de dinheiro da prefeitura local.

A operação atinge autoridades municipais, familiares, empresários e agentes públicos envolvidos em crimes contra a administração pública, fraudes em crimes licitatórios e lavagem de dinheiro.

Advertisement

O MPE-AM busca o ressarcimento aos cofres públicos e o afastamento dos agentes públicos investigados de suas funções.

Em março deste ano, o polêmico prefeito do município, Simão Peixoto, foi preso preventivamente, pelo Gaeco, em Manaus, pelos crimes de ameaça, desacato difamação e restrição aos direitos políticos em razão do sexo, cometidos contra a vereadora Tatiana Franco dos Santos.

Seis dias após a prisão, o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu liberdade provisória ao prefeito.

Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *