Gerente da Seduc morre ao cair de mototaxi em Manaus

O gerente de Educação Escolar Indígena da Secretaria de Educação do Amazonas (Seduc), Alcilei Vale Neto, de 43 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (11) após cair embaixo de um caminhão, na Avenida Rodrigo Otávio, Zona Sul de Manaus, quando era transportada na garupa de um mototáxi.

O acidente, que aconteceu por volta das 6h da manhã, provou um gigantesco congestionamento que travou o trânsito na região do Distrito Industrial da cidade e bairros próximos das zonas Sul e Leste, no horário de grande fluxo escolar e de trabalho.

De acordo com o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), o acidente ocorreu quando o piloto da moto trafegava pela avenida, o pneu traseiro estourou e o veículo tombou com o servidor da Seduc caindo embaixo da carreta. Ele ficou preso entre as rodas, sendo arrastado por alguns metros até que o motorista parasse o veículo.

Alcilei era natural de Autazes – indígena Mura – formado em Ciências Biológicas e em Licenciatura Intercultural Indígena pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Em 2014 ele ingressou na Seduc e, em 2016, à frente das atividades do movimento indígena, assumiu a Gerência de Educação, onde sempre buscou levar aos povos indígenas a educação intercultural, multilíngue, específica, valorizando a memória de seus ancentrais.

Nota de Pesar

A Secretaria de Comunicação do Amazonas (Secom) distribiu nota de pesar assinada pelo governador Wilson Lima lamentando a morte e prestando solidariedade aos amigos e familiares do servidor da Seduc.

Na nota, o governador coloca à disposição da família a estrutura da Secretaria de Educação, “que está prestando toda a assistência necessária neste momento de dor”.

“Alcilei Vale Neto deixa a certeza que cumpriu sua missão durante os anos dedicados à educação e ao serviço público estadual. Sempre muito atencioso e responsável, era assíduo e estava sempre disponível para ajudar a todos ao seu redor”, diz a nota do Governo do Estado.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *