Homem morre ao tentar se esconder de bandidos em hospital

Uma médica tentou socorrer o homem, mas ele não resistiu aos ferimentos.

Um homem de 30 anos foi assassinado a tiros de submetralhadora na nesta quarta-feira (16) no bairro Aparecida, na Zona Sul de Manaus. Segundo a polícia, a vítima foi alvejada com cinco disparos em via pública e tentou escapar ao entrar em um hospital desativado. A corporação informou ainda que ele tinha passagem pelo sistema prisional do Amazonas por tráfico de drogas.

Um homem foi detido para prestar esclarecimentos e dois suspeitos não identificados estão foragidos.

De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 9h30. Na ocasião, a vítima foi abordada na rua Bandeira Branca por homens encapuzados que se identificaram como policiais para intimidá-lo.

A vítima correu e foi atingida com disparos de arma de fogo na Rua Alexandre Amorim, no mesmo bairro. Após ser baleado, o homem correu para dentro de um hospital que fica na via para tentar fugir. A unidade hospitalar estava desativada por conta de uma reforma.

Uma médica tentou socorrer o homem, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Os familiares da vítima estiveram no local, mas preferiram não se pronunciar.

O crime teria sido motivado por acerto de contas com o tráfico de drogas. Segundo o delegado Miguel Ribeiro, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), os indícios apontam para uma execução.

“Dois comparsas fugiram e detivemos um homem para prestar esclarecimentos. Não sabemos ainda se ele estava correndo assustado com os tiros ou se tem envolvimento com o crime”, disse.

Policiais Militares isolaram a área para que o Departamento de Polícia Técnico Científica (DPTC) coletasse provas que vão auxiliar na investigação.

O Instituto Médico legal (IML) foi acionado para realizar a remoção do corpo do local.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *