Militares do Exército são atacados em favela do Rio

Em Guadalupe em outra ação do Exército, um homem foi morto e duas pessoas ficaram feridas

Uma equipe de soldados do Exército Brasileiro foi atacada a tiros por criminosos neste domingo (7) na favela do Muquiço, em Guadalupe, na Zona Oeste do Rio, próximo à Vila Militar, que fica em Deodoro. Duas viaturas blindadas foram alvos dos bandidos.

Os militares trocaram tiros com os criminosos e receberam reforços do próprio Exército.

Segundo o Exército, depois do tiroteio, a Polícia Militar foi chamada e começou uma operação na favela. De acordo com o Comando Militar do Leste (CML), duas viaturas blindadas do Exército foram atingidas pelos tiros, mas ninguém ficou ferido.Veja também

Perto dali à tarde, um homem foi morto e duas pessoas ficaram feridas em Guadalupe em outra ação do Exército. De acordo com relatos de moradores em redes sociais, os militares buscavam assaltantes e atiraram por engano no veículo de uma família. 

De acordo com o CML, o patrulhamento continua e a PM faz uma operação na região desde o momento que os reforços chamados chegaram à comunidade.

A Secretaria de Polícia Militar confirmou que policiais do 9º Batalhão de Polícia de Rocha Miranda e 41º BPM (Irajá) foram ao local, assim como o Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar. Em redes sociais, moradores contaram que houve tiroteios na favela durante a manhã.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *