Duas casas foram queimadas em novo incêndio no bairro Educandos

Há pouco mais de três meses um incêndio queimou 600 residências, desta vez o fogo destruiu duas casas.

Atualizada

Cenário atual, logo após os bombeiros controlarem o novo incêndio na região.

Imagens feitas por moradores mostram o momento em que as casas são consumidas pelo fogo – na noite de ontem.

Pouco mais de três meses após o incêndio que atingiu 600 residências no bairro Educandos, Zona Sul de Manaus, os moradores da área voltaram a viver momentos de terror. Um novo incêndio destruiu duas residências localizadas no beco Beco Delcidio do Amaral, na noite deste sábado (30). Ninguém ficou ferido.

De acordo com informações repassadas pelos Corpo de Bombeiros do Amazonas o fogo iniciou por volta das 20h30 em uma residência de madeira. Após consumir a primeira casa, o fogo se propagou para uma residência de alvenaria vizinha.

As equipes dos Bombeiros iniciaram o combate às chamas na residência de alvenaria afim de proteger as adjacentes. Por volta das 21h10 o fogo já havia sendo controlado.

“A primeira viatura a chegar no local é a que fica no posto central, em Petrópolis, com 5 mil litros. O fogo tinha potencial de ser de grandes proporções, mas graças a ação rápida podemos classificar que foi de médias proporções”, disse o major Janderson Lopes.

Foram encaminhadas dez viaturas dos bombeiros para o local, a fim de evitar que o fogo tomasse proporções semelhantes a do último incêndio. No sinistro foram utilizadas seis viaturas de combate e quatro ficaram de suporte.

“Pelo observado no local temos em torno de duas residência, uma maior e a segunda próxima foram completamente consumidas pelo fogo. Graças a ação rápida da equipe conseguimos confinar o fogo e evitar que ele se propagasse para as demais residências. Até o momento não tivemos registro de nenhuma vítima”, disse o major.

Foi solicitado o apoio da Eletrobras para desligar a energia visto o risco de curto circuito durante o combate. Assim como da Polícia Militar, Defesa Civil Estadual e Municipal e de agentes do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran) e do Instituto de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans).

Apesar da ação rápida dos bombeiros os moradores do bairro se assustaram com as chamas. Muitos saíram de casa e tomaram as ruas com medo das chamas se espalharem e atingirem mais casas, como no último incêndio que aconteceu no dia 17 de dezembro de 2018. Imagens do fogo circularam nas redes sociais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *