Dólar Hoje

PF autua empresas clandestinas de segurança privada no Amazonas

No Brasil, somente empresas de segurança privada autorizadas pela Polícia Federal podem prestar serviços e contratar vigilantes.

A Polícia Federal autuou doze empresas de segurança que atuavam de forma clandestina no Amazonas, nesta quinta-feira (25), sendo dez em Manaus e duas em Tabatinga, na operação ‘Segurança Legal V’, que está sendo realizada em todas as 27 capitais do País e tem a participação de de 590 policiais federais, no combate a empresas ilegais de segurança privada.

Na operação está prevista a fiscalização de 565 estabelecimentos, entre casas noturnas, comércios, condomínios e outros. Desde 2017, a Polícia Federal vem realizado essa operação de âmbito nacional.

A contratação de serviços clandestinos de segurança privada coloca em risco a integridade física de pessoas e o patrimônio dos contratantes, já que os “seguranças” clandestinos não se submetem ao controle da Polícia Federal quanto aos seus antecedentes criminais, formação, aptidão física e psicológica. Além disso, as empresas clandestinas não observam os requisitos mínimos de funcionamento previstos na legislação.

No Brasil, somente empresas de segurança privada autorizadas pela Polícia Federal podem prestar serviços e contratar vigilantes.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *