Vacinação contra a gripe começa hoje no Amazonas

Campanha contra Influenza é lançada com 1,5 mil salas de vacinação no AM. A vacinação foi antecipada em 21 dias devido ao número de casos.

(Marcello Casal Jr/AgenciaBrasil)

Começou hoje (20) no Amazonas a campanha de vacinação contra a gripe. A mobilização no estado ocorre 21 dias antes do restante do país. Segundo nota do Ministério da Saúde, foram notificados 666 casos suspeitos, sendo confirmados 107 casos de Influenza A (H1N1). No total, 28 pessoas morreram.

Serão 1.535 salas de imunização abertas nos 62 municípios, das quais 183 em Manaus, das quais 153 são da Semsa. Nem todos os estados têm programação inicial prevista para esta quarta.

Na capital, a vacinação acontecerá nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) da prefeitura, no Parque do Idoso, na sede da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI) e nas Centrais de Distribuição do Leite do Meu Filho.

Trinta UBSs funcionarão com horário diferenciado em todas as zonas da cidade – além das dez que já funcionam em horário ampliado, de segunda a sexta-feira, de 7h às 21h, e aos sábados, de 8h às 12h, mais 20 serão abertas de 7h às 19h, de segunda a sexta-feira, e de 8h às 12h, no sábado.

As unidades de vacina da capital que estarão realizando a vacinação já estão mapeadas no sistema de georreferenciamento da prefeitura e estão listadas via internet.

A Susam também abrirá salas de vacina nos 12 Centros de Atenção Integral à Criança (CAIC) e três Centros de Atenção Integral à Melhor Idade (CAIMI), de 8 às 17h, para seus públicos específicos. No interior, além das UBSs, cada uma das 61 prefeituras definirá suas salas de imunização.

Em todo o Amazonas, a meta da campanha é imunizar um milhão de pessoas, obedecendo o grupo prioritário determinado pelo Ministério da Saúde.

De acordo com recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), a campanha de vacinação tem como alvo grávidas, puérperas (até 45 dias após o parto), crianças de um ano a 5 anos.

Também são alvo da vacinação, trabalhadores de saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas que sofrem com duas ou mais doenças simultâneas ou em estado clínico especial, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, além de funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Dia D

O “Dia D” de vacinação contra a Influenza será 30 de março, quando acontece uma grande mobilização para a intensificação da campanha.

Na ocasião, serão disponibilizados 681 postos de vacinação em toda as zonas da capital, com 3.040 profissionais de saúde envolvidos.

Documentação

Para receber a dose da vacina, é importante levar o Cartão de Vacinação e um documento de identificação. Pessoas com doenças crônicas ou com outras condições clínicas especiais deverão apresentar, também, prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a dose, sem necessidade de prescrição médica. Para os profissionais do público prioritário, basta apresentar o contracheque ou crachá.

O Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus irão aproveitar a Campanha de Vacinação contra a Influenza para a atualização das outras vacinas.

O Ministério da Saúde informou que a campanha em todo o país será antecipada em 15 dias. Começa ainda na primeira quinzena de abril. O Ministério da Saúde distribuirá 64 milhões de doses este ano.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *