Portal Você Online

ZFM: Wilson Lima reforça defesa contra ataques do governo federal

Declaração foi feita na presença do novo secretário de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia, deputados, senadores, prefeito de Manaus e outras autoridade do estado

O governador do Amazonas, Wilson Lima, destacou que a equipe do governo estadual está atenta e fortalecida para defender os interesses do Amazonas, principalmente quanto à manutenção e competitividade da Zona Franca de Manaus.

A declaração foi feita ontem (23) durante a posse do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Pauderney Avelino, na sede do governo do Estado, e foi um recado ao governo Lula que pretende extinguir o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na reforma tributária.

O fim do tributo tiraria a competitividade das fábricas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) e provocou reação de entidades do setor produtivo amazonense, que cobraram uma reunião com a equipe econômica de Lula.

De acordo com o governador, a nova equipe técnica da secretaria tem a missão de continuar trabalhando para garantir o pleno funcionamento do modelo, o mais exitoso do Amazonas, além de buscar novas matrizes para o estado.

“O secretário Pauderney se junta a esse grupo formado pela Secretaria de Fazenda, de técnicos que há muito tempo acompanham essas discussões e de outros economistas do estado do Amazonas, que têm uma experiência e um entendimento sobre qual caminho a gente deve seguir para que a gente tenha uma reforma tributária. Nós concordamos que o Brasil tem que ter uma reforma tributária, mas que não comprometa os modelos de desenvolvimento regional, econômico como é o caso da Zona Franca de Manaus”, destacou Wilson Lima.

Estavam na plateia o vice-governador Tadeu de Souza, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), Roberto Cidade, senadores Omar Aziz e Plinio Valério, prefeito de Manaus David Almeida e do vice Marcos Rotta, do presidente da Federação de Indústrias do Amazonas (Fieam), Antônio Silva, além de secretários de Estado.

O governador ressaltou o impacto positivo da ZFM para a região, por gerar mais de 500 mil empregos diretos e indiretos no estado e destacou que outras formas de fortalecer a economia local estão em progresso, como no turismo e sustentabilidade.

Desenvolvimento

A Sedecti é o órgão do governo que desenvolve o planejamento estadual e coordena as políticas públicas relacionadas ao desenvolvimento socioeconômico, ciência e inovação do Amazonas.

Ela também é responsável pelo Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), que tem como atribuição assessorar o estado nas questões do desenvolvimento social e econômico e aprovar projetos de empreendedorismo privados, visando a concessão de incentivos fiscais e extrafiscais do estado, conforme a legislação vigente.

Nomeado na última quinta-feira (19), Avelino já foi seis vezes deputado federal, sendo reconhecido por sua atuação em defesa da Zona Franca de Manaus.

Ainda na sexta-feira (20), ele foi enviado por Wilson Lima a Brasília onde se reuniu com o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB), para tratar sobre o futuro da ZFM com a extinção do IPI.

Notícias Relacionadas