Bolsonaro anuncia “pente fino” no INSS

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) chegou por volta das 14h30 desta quarta-feira (13) a Brasília após ter recebido alta do hospital Albert Einstein, em São Paulo, depois de 17 dias de internação em razão de cirurgia para a retirada de bolsa de colostomia.

Segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, o presidente deve assinar até a próxima segunda-feira (14) uma medida provisória que autoriza um pente-fino em aposentadorias e pensões.

Ainda segundo ele, há 2 milhões de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com indício de fraude.

“Há mais de 2 milhões de benefícios que precisam ser auditados, porque têm indício de ilicitude. Há necessidade de fazer mutirão para zerar esse estoque”, disse Marinho.

Essa “espécie de mutirão”, segundo o secretário, pode gerar “uma economia significativa” aos cofres públicos brasileiros. “Há relatórios de ações anteriores, inclusive convalidados pelo Tribunal de Contas da União (
TCU), que demonstram uma incidência de 16% a 30% de fraude nesse tipo de benefício”, explicou nesta tarde.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *