Portal Você Online

Moraes dá 48h para Bolsonaro explicar visita à embaixada

Alexandre de Moraes, do Tribunal Federal (STF), deu prazo de 48 horas para que o ex-presidente Jair Bolsonaro explique sua visita à embaixada da Hungria, em Brasília. A Polícia Federal vai investigar qual foi a intenção de Bolsonaro ao passar dois dias no local, após ter seu passaporte apreendido. Bolsonaro confirmou publicamente que esteve na embaixada e questionou se ‘isso é crime’.

Investigadores querem esclarecer as circunstâncias em que o ex-presidente permaneceu hospedado na representação diplomática entre os dias 12 e 14 de fevereiro, de acordo com informações do jornal americano New York Times, que pegou imagens de câmeras da embaixada e de satélite.

Alvo de investigações por uma suposta trama golpista e desvio de joias do acervo presidencial e fraude em cartões de vacina, Bolsonaro não poderia ser preso dentro de uma embaixada estrangeira, uma vez que prédios consulares são protegidos por convenções internacionais e não estão ao alcance das autoridades do país.

Advertisement
Advertisement

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *