Portal Você Online

Números da Justiça Eleitoral apontam 1.446.369 eleitores em Manaus com maioria feminina

As estatísticas da Justiça Eleitoral apontam que Manaus (AM) fechou o mês de junho com 1.446.369 eleitores. Este deve ser o número aproximado de eleitores que vão decidir a eleição do próximo prefeito a ser eleito em outubro deste ano.

O 1º turno do pleito está marcado para 6 de outubro; já o 2º turno será no dia 27 de outubro, caso necessário, em municípios com mais de 200 mil eleitoras e eleitores.

Advertisement

O perfil do eleitorado da cidade aponta que serão 763.663 votos femininos ( 52,80%) e 682.706 votos masculinos (47,20%).

De acordo com os números, 93,05% dos eleitores de Manaus já estão cadastrados com biometria. O prazo para eleitoras e eleitores regularizarem o título se encerrou no dia 8 de maio.

Após essa data, aqueles que ainda tiverem pendências com a Justiça Eleitoral não poderão participar das Eleições Municipais 2024.

Neste ano, 1.376 eleitores em Manaus são indígenas de mais de 60 etnias diferentes. Entre elas, Aconã, Aimore, Amanayé, Apurinã, Arapiun, Arapáso, Arara do pará, Atikum, Baniwa, Baré, Borari, Desána, Guaraní, Hixkaryána, Kaixana, Kambiwá, Kambéba, Kanamarí, Karapanã, Kariri – xocó, Katukina, Kayuisiana – kaixána, Kokama, Kubeo, Kuikuro, Kulina madijá, Kulina páno, Kuripako, Makuxí, Manao, Manchineri, Maragua, Marúbo, Maytapu, Miránha, Mundurukú, Múra, Oro win, Parintintim, Paumarí, Pirahã, Piratapuya, Sateré-mawé, Tapeba, Tapuia, Tariana, Tenharim, Tikúna, Torá, Tukano, Tupinambá, Tuyúca, Urucú, Wai wai, Wanana, Wapixana, Xavante e Yanomámi.

O eleitor pode consultar a sua situação eleitoral no Portal do Tribunal Superior Eleitora (TSE) ou na unidade da JE mais próxima de sua residência.


Se a sua situação está ‘Regular’, significa que a inscrição eleitoral está disponível para o exercício do voto. Caso a situação apareça como ‘Cancelada’, isso quer dizer que o título de eleitor está indisponível para o exercício do voto.


Conforme estabelece a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997), o cadastro eleitoral estará fechado para receber requerimento de inscrição eleitoral ou de transferência de domicílio, entre outros pedidos, nos 150 dias anteriores à data da votação.


Pela Constituição Federal, o alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os jovens de 16 e 17 anos, para as pessoas analfabetas e os maiores de 70 anos. São obrigatórios a partir dos 18 anos de idade.

No entanto, desde 2021, uma norma do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) passou a permitir que jovens de 15 anos tirem o título de eleitor.

A Resolução TSE nº 23.659/2021 estabelece que o alistamento eleitoral é facultativo aos jovens de 15 anos, a partir do momento em que completem essa idade. Porém, esse jovem só poderá votar nas Eleições 2024 se completar 16 anos até o dia da votação.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *